Sindsep/MA envia comitiva para ato em defesa dos intoxicados

O Sindsep/MA enviou uma comitiva de servidores da Funasa (ex-Sucam), para participar, no dia de ontem, 13, de um grande ato em defesa dos servidores intoxicados da Funasa, em Brasília.

O evento foi realizado pela Condsef/Fenadsef, e teve como pano de fundo; denunciar a situação desses servidores, que já chegou a ser reconhecida como questão humanitária.

O objetivo do ato era garantir suporte para tratamento desses trabalhadores e suas famílias.

Muitos servidores que atuaram no combate a doenças como malária, dengue, febre amarela e utilizaram produtos tóxicos sem adequada proteção, hoje enfrentam problemas graves de saúde. Dezenas de centenas já faleceram vítimas desses problemas.

Vários servidores continuam sofrendo sem que o governo reconheça efetivamente os casos como acidente de trabalho.

Os servidores lutam para garantir adendo a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 17/2014, de autoria do senador Valdir Raupp. A proposta de emenda busca conceder indenização, tratamento médico e psicológico aos ex-servidores da extinta Sucam e seus familiares, afetados por doença grave em decorrência de contaminação de DDT e Malathion.

Ainda ontem, em Brasília, mais de 5 mil servidores de todo o Brasil, realizaram uma marcha para pressionar o governo contra a Medida Provisória 849, norma que adiou para 2020 o aumento dos funcionários federais e novos concursos no serviço público na União.

Além de reivindicarem a concessão dos reajustes, os servidores pressionam pela revogação da Emenda Constitucional (EC) nº 95/16, a qual congelou investimentos públicos por 20 anos.

Segundo o Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe), a medida pode “promover um colapso no setor” nos próximos dois anos.

Na pauta do coletivo, composto por 20 categorias, também está a votação no STF do Recurso Extraordinário 565.089.

Na ação, os sindicatos exigem, desde 2007, o reconhecimento do direito de data-base, a revisão anual dos salários.

Com informações da Condsef

Compartilhe!