Trabalhadores no Maranhão realizam atividade contra a reforma da Previdência

O Sindsep/MA, as centrais e demais entidades, realizaram na última segunda-feira, 19, uma grande manifestação a favor da Previdência, na qual, demonstraram uma clara oposição à reforma desastrosa do Governo Federal, que é maléfica à classe trabalhadora.

O evento contou com a participação de várias lideranças do movimento sindical, sociedade civil organizada e atores políticos.

O Sindsep/MA esteve representado por vários diretores, que participaram de forma ativa de toda a mobilização na Praça Joãozinho Trinta.

Em todo o Brasil, milhares de trabalhadores estiveram nas praças e ruas em protesto contra a reforma da Previdência do golpista e ilegítimo Michel Temer (MDB-SP).

Sindsep/MA faz lançamento do CD de Marchinhas do Bloco Os Indignados

Ao embalo de muito samba e pagode, o Sindsep/MA através da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, realizou no último sábado, 17, o lançamento do CD de Marchinhas Carnavalescas do Bloco Os Indignados.

O evento aconteceu na Associação da Sucam (Aserma) e contou com uma boa participação dos filiados da entidade.

O Concurso de Marchinhas foi realizado em 2017, com 28 músicas inscritas, e destas 10 foram finalistas, sendo escolhidas como as campeãs: 1° Lugar – Fora Temer (Milla Mendonça – Interprete); 2° Lugar – Carta de Alforria (Izaac Barros); e Fora Temer: PEC da Destruição (Anne Nascimento e Zé Varão).

Trabalhadores realizam ato em favor da Previdência e dos direitos da categoria

O Sindsep/MA, as centrais e demais entidades sindicais, realizam hoje, 19, a partir das 16h, na Praça Joãozinho Trinta (ao lado do prédio da RFFSA), Beira Mar, um grande ato político da Greve Nacional.

Todos os trabalhadores estão sendo convocados à participarem, para que assim, venham a demonstrar força na luta em favor da Previdência e dos direitos dos trabalhadores.

Em todo o Brasil, várias pessoas estarão indo às ruas demonstrar toda a sua indignação com relação aos desmandos do Governo Temer.

Só unidos é que os trabalhadores conseguirão vencer esse atraso proposto pelo Governo Federal.

Com relação ás pautas dos federais, os servidores também defendem a revogação da Emenda Constitucional (EC) 95/16, que congela os gastos públicos por 20 anos; lutam contra o desmonte dos órgãos públicos; pela revogação da reforma Trabalhista; e por eleições democráticas em outubro.

Servidores e servidoras, é necessário a união de todos os trabalhadores em uma só voz. Por isso, é importante a participação maciça de todos no grande Ato Político de mais tarde.

Todos juntos na Praça Joãozinho Trinta lutando à favor da Previdência e dos direitos dos trabalhadores.