Sindsep convoca servidores para participar de ato contra a Reforma da Previdência

O Sindsep/MA, a CUT e demais centrais sindicais, realizam amanhã, 20 de fevereiro, um grande ato contra a Reforma da Previdência, em combate às privatizações e ao retrocesso do governo Bolsonaro. O evento vai acontecer na Praça Deodoro, Centro, a partir das 16h.
O Sindicato convoca todos os servidores para participarem desse grande momento de resistência da classe trabalhadora contra os desmandos do atual Governo.
Todos os dias a população é bombardeada com notícias que refletem negativamente nos direitos trabalhistas, que tão duramente foram conquistados ao longo de todos esses anos.
O Sindsep/MA nunca se acovardou na luta em defesa dos direitos dos servidores federais, mas é necessário que a própria base venha para as mobilizações. Um sindicato sólido nasce da combatividade os seus associados.

Reunião do CDE
No último dia 15, o Conselho Deliberativo de Entidades (CDE) da Condsef/Fenadsef se reuniu e aprovou a participação da maioria dos servidores federais nos atos que acontecem em todo o País em defesa da Previdência Pública.
A reforma que o governo Bolsonaro pretende prevê a obrigatoriedade de idade mínima de 65 anos para homens e mulheres se aposentarem. Além disso, impõe àqueles que quiserem receber 100% do benefício que trabalhem por 40 anos. A PEC cria ainda um sistema de capitalização, de “caráter obrigatório”, modelo implantado e que tem sido severamente criticado no Chile por trazer um caos social àquele país.
Hoje, há duas formas de se aposentar no Brasil: 1) por idade, com a exigência de ter 65 anos (homens) e 60 anos (mulheres), com no mínimo 15 anos de contribuição; ou, 2) por tempo de contribuição, quando não se exige idade mínima, mas são necessários 35 anos (homens) e 30 anos (mulheres) de pagamentos ao INSS.

Com informações repassadas da Condsef.

Sindsep/MA promove o bloco Os Indignados

O Bloco Os Indignados realiza no próximo domingo, 17, o Baile dos Indignados, na sede da Aserma, Turu.

O baile terá como atrações: Banda Os Trapaceiros, Bicicletinha do Samba e o Bloco Tradicional Os Vampiros.

Tradicionalmente, fazer manifestação de protesto ao governo de plantão é o objetivo maior do Bloco, sem perder o oportunidade de congregar a base de forma descontraída.

Nesta quinta e sexta, na recepção do Sindsep/MA será entregue o Kit, que dará direito a entrada no evento,  composto de 01 copo para o filiado e 03 pulseiras para seus convidados. Para acesso ao não filiado será cobrada uma taxa de 5 reais na portaria da Aserma.

Participe! Seja Indignado também e venha se divertir conosco.

V Encontro de Comunicação da Condsef/Fenadsef

O Sindsep/MA participa hoje, 13 e amanhã, 14, do V Encontro de Comunicação da Condsef/Fenadsef, que acontece em Brasília.

O evento tem como objetivo reunir os diretores e profissionais de imprensa das entidades filiadas, no intuito de discutirem principais desafios da comunicação, a produção de conteúdo em uma conjuntura em que a pós-verdade afeta e altera a percepção da audiência. A velocidade com que se produz e compartilha informação e outros fenômenos atuais que devem ser debatidos com os participantes.

A atividade ainda objetiva a consolidação de ações para impulsionar a comunicação com servidores da base da Condsef/Fenadsef, a maior do setor público federal, além de ampliar diálogo com a sociedade em torno da importância de um debate sobre o modelo de Estado.

O que a Constituição prevê, quais os direitos e quais as impressões do cidadão que paga impostos para ter acesso a serviços públicos de qualidade e universais no Brasil. Um debate de sociedade passa pela capacidade de diálogo e comunicação com diferentes públicos.

 

Sindsep/MA realiza mais uma versão do Os Indignados

O Brasil vive um momento político complicado para a classe trabalhadora, tendo em vista, a ofensiva que está sendo arquiteta na política irresponsável de retirada dos direitos conquistados após anos de luta dos movimentos sociais.

É necessário que a sociedade em geral observe com indignação esse momento atual, que se avizinha ainda mais sombrio, com uma proposta de Reforma da Previdência que penaliza ainda mais os trabalhadores.

O Sindsep/MA pela sua história combativa não poderia ficar distante do fronte de batalha. Dessa forma, a entidade busca novamente a irreverência do carnaval, para assim, demonstrar a sua insatisfação com o Governo Federal.

Assim, com todo esse sentimento de repúdio às políticas empregadas pelo atual governo, que a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer do Sindsep/MA realiza mais uma edição do Bloco Os Indignados.

O evento vai acontecer no próximo dia 17 de fevereiro de 2019, na sede da Aserma, Turu, com as seguintes atrações: Banda Os Trapaceiros, Bicicletinha do Samba e o Bloco Tradicional Os Vampiros.

É importante a participação de toda a categoria nesse momento em que o lado lúdico está cada vez mais próximo de uma realidade que traz sinais trágicos em seu enredo.

Comissão Eleitoral recebe documentação para registro da Chapa 1

A Comissão Eleitoral recebeu no final da tarde de ontem, 05, a inscrição da Chapa 1 – Deodato Brito, que irá concorrer ao pleito da nova Diretoria e do Conselho Fiscal para o Triênio 2019/2022.

A Chapa 1 foi a única a se registrar, ficando agora à cargo da Comissão Eleitoral a verificação de toda a documentação, para enfim, deferir o registro de chapa, para que assim, a mesma possa estar apta a concorrer no processo eleitoral.

As eleições do Sindsep/MA vão acontecer nos dias 26, 27 e 28 de fevereiro de 2019, das 09 às 17h, com urnas fixas e itinerantes.

Sindsep/MA ajuíza mediação de conflitos para garantir os direitos os empregados da EBC

O Sindsep/MA através da sua assessoria jurídica, entrou com um pedido de mediação de conflitos junto ao Ministério Público Federal (processo nº 000125.2019.16.000/1), o qual, propõem a defesa dos direitos dos empregados da EBC mediante o fechamento da Praça do Maranhão.

A entidade busca dessa forma a salvaguarda dos direitos dos empregados da Empresa, que de forma abrupta foram surpreendidos com a retirada do Repórter Maranhão do ar, que era o único produto trabalhado pela EBC/MA.

Todo esse ato de irresponsabilidade do Governo Federal veio à tona às vésperas da antiga TVE completar 50 anos de serviços prestados à sociedade maranhense.

 

Entenda o caso

 

No último dia 28 de janeiro, o Repórter Maranhão, teve a sua transmissão suspensa minutos antes de ir ao ar.

Logo após a interrupção do telejornal, por ordem da Praça de Brasília, o acesso pelos funcionários ao estúdio e ao switcher foi proibido.

A EBC/MA atualmente conta com 111 servidores RJU, que já possuem mais de 30 anos de casa, e sempre desempenharam com maestria as suas funções laborais, contribuindo assim, para o desenvolvimento intelectual do estado.

Além dos servidores RJUs, existem 31 funcionários Celetistas, que se submeteram à concurso público e hoje pertencem ao quadro da EBC.

Secretaria Regional de Caxias realiza encontro com a base e propõe discussão sobre a diabetes

O Sindsep/MA através da Secretaria Regional de Caxias realizou no último dia 02 de janeiro, um grande encontro voltado para os seus associados.

A atividade aconteceu na Unidade de Vigilância em Zoonoses da cidade, e contou com a participação expressiva dos filiados da entidade.

Estiveram presentes à atividade os diretor

es Raimundo Pereira (Presidente), Manoel Lages (Secretaria de Administração, Patrimônio e Finanças) e Luzia Ferreira (Secretaria Regional de Caxias).

Na ocasião, a especialista em nutrição funcional e fitoterapia, Samara Patrícia, vice-presidenta do Grupo de Diabéticos de Caxias deu uma palestra sobre a Diabetes, suas causas/efeitos e tratamento.

Após a explanação foi servido um café da manhã para os presentes, onde foi oportunizado pela entidade mais um momento de confraternização entre os filiados da Regional de Caxias.

“Programamos uma atividade simples, mas com um efeito grandioso. Estamos satisfeitos com o resultado, e esperamos que a Regional de Caxias possa manter esses projetos que visam a confraternização dos nossos associados”, afirmou Luzia Ferreira.

Para Raimundo Pereira, essas atividades engrandecem o Sindsep/MA, pois aproxima ainda mais a entidade da sua base, trazendo o sindicato para o dia a dia do servidor.

“A nossa luta sempre foi pela manutenção de um movimento classista combativo. Em sempre tivemos o entendimento que a nossa fortaleza está na união da categoria. Um sindicato precisa da força da sua base para ser forte, e é justamente por essa união, que o Sindsep/MA é um dos maiores sindicatos do Maranhão. E isso não é uma construção de quem faz parte da direção, é uma construção que vem de uma base unida e coesa na luta pelos seus direitos”, declarou.

Sindicato e trabalhadores na defesa da EBC

Trabalhadores da EBC e dirigentes do Sindsep/MA discutiram ontem durante Assembleia convocada pelo sindicato sobre a situação preocupante dos funcionários e da própria empresa que corre o risco de extinção.

A reunião teve a presença da advogada da Assessoria jurídica do Sindsep/MA, Maira Passos que explicou aos presentes as alternativas e expedientes a serem utilizados nesse momento. “Com a assertiva da Assembleia, o sindicato irá entrar com pedido de mediação de conflitos junto ao Ministério Público do Trabalho para defender uma saída que resguarde os direitos dos empregados”, afirmou a Dra. Maíra Passos.

Dentre os pontos que constarão no pedido de mediação, destacamos a manutenção da praça do Maranhão com a manutenção do programa Repórter Brasil Maranhão, garantia de que não haja demissões e a permanência dos servidores do regime jurídico único – RJU em São Luís, mesmo que realocados para outros órgãos.

“A Secretaria de Assuntos Jurídicos do Sindsep está atenta ao imbróglio criado pelo governo e juntamente com os trabalhadores tomará todas as medidas cabíveis para dirimir as dúvidas e assegurar os direitos dos trabalhadores”, informou José Figueiredo, diretor responsável pelo setor jurídico do Sindsep/MA.

Ainda durante a assembleia ficou definida a realização de um café da manhã na sexta-feira a partir das 8 horas para os colegas da imprensa da capital e a entrega de panfletos nos semáforos para informar a população do que está ocorrendo na empresa.

O Sindsep/MA e os servidores irão oferecer um café da manhã para a imprensa no sentido de alertar para a situação dos funcionários e pedir o apoio de toda a categoria para a manutenção da Praça São Luís da EBC. “Não podemos aceitar e não ficaremos parados vendo o desmanche desse importante meio de comunicação que está a serviço da população maranhense há 50 anos”, disse Raimundo Pereira, presidente do Sindsep/MA.

Trabalhadores e sindicato lutam pela sobrevivência da EBC

O presidente Bolsonaro segue com a sua política de desmonte dos serviços públicos. O órgão da vez é a Empresa Brasil de Comunicação – EBC, única TV pública do país. Com a desculpa de reestruturação da empresa, o governo federal destituiu o Superintendente no Maranhão e os coordenadores de jornalismo e operações deixando a EBC do Maranhão praticamente acéfala e funcionando apenas o setor administrativo, o acervo e a transmissão.

“Nós soubemos apenas ontem que o núcleo de jornalismo daqui seria fechado e que seria a última apresentação do Jornal Repórter Maranhão”, disse Rubem Jayron, trabalhador da EBC.

Essa é mais uma medida que visa calar a voz dos movimentos sociais e populares, uma vez que como TV pública a EBC sempre buscou dar voz à sociedade. Com as medidas tomadas através de uma canetada, o núcleo de jornalismo e produção de conteúdo que existe há 50 anos e que mantinha Jornal Repórter Maranhão há mais de 30 anos deixará de existir.

A situação que o sindicato encontrou em visita ao órgão ontem foi preocupante e desalentadora: funcionários sem acesso aos seus locais de trabalho, portas fechadas e muita tristeza. Ao ouvir os relatos dos trabalhadores, o presidente Raimundo pereira sugeriu aos presentes que formassem uma comissão para organizar uma assembleia com todos os servidores do órgão o mais rápido possível para discutir e deliberar sobre a situação e preparar as medidas cabíveis.

Seguindo a orientação do sindicato, os trabalhadores presentes constituíram uma comissão formada pelos funcionários, Gerzivilson Azevedo, Rubem Jayron, Geylson Paiva e Tatiane Costa, que ficaram responsáveis de mobilizar os colegas para a reunião que acontecerá hoje a partir das onze horas na sede da Empresa.

“Nós já sabíamos que com a eleição do presidente Bolsonaro teríamos que lutar muito contra o desmonte dos serviços públicos e já nos primeiros dias de governo mostrou ao que veio. Desmontando toda a rede de proteção dos trabalhadores e aprofundando a reforma trabalhista”, disse Raimundo Pereira, presidente do Sindsep/MA.

Sindsep e Sintsprev realizam Encontro de Formação da CUT

O Sindsep/MA e o Sintsprev/MA realizam amanhã um Encontro de Formação de entidades filiadas à CUT.

O evento acontece na sede do Sindsep/MA, a partir das 14h, e vai contar com representantes das duas entidades.

Na ocasião serão eleitos delegados para participarem da Conferência Estadual de Formação da CUT.

4ª Conferência Nacional de Formação da CUT

A Conferencia Estadual que será realizada em março, irá eleger delegados para o encontro nacional, que acontecerá de 27 a 31 de maio de 2019, em Belo Horizonte/MG.

A atividade terá como premissas os debates sobre: o futuro do mundo do trabalho, defesa dos direitos, democracia e socialismo.

Ainda no encontro, serão apresentados em painéis o projeto político organizativo da Central, além da realização de seminários, oficinas pedagógicas num amplo processo de sistematização desenvolvido ao longo de todas essas etapas.