Trabalhadores realizam ato em defesa do serviço público e dos/as trabalhadores/as do campo e da cidade

Centenas de trabalhadores se reuniram na tarde de ontem, 24, na Praça Joãosinho Trinta, para participarem de Ato Em Defesa do Serviço Público e dos/as Trabalhadores/as do Campo e da Cidade.

A mobilização teve como foco a defesa das liberdades democráticas e dos servidores públicos.

Foi um momento de discussão sobre o atual cenário proposto pela política nacional.

Durante o evento, os participantes discutiram o cenário democrático e o fascista, que polarizam as eleições presidenciais.

Para o campo dos trabalhadores, é necessário que a categoria tenha a compreensão da necessidade de manutenção da democracia.

É importante que todos os projetos de retirada de direitos trabalhistas sejam revogados, e isso só será possível, através de um governo do campo democrático e popular.

Nesse cenário, cabe a recomendação do voto consciente no candidato que defende a democracia.

Trabalhador consciente não pode aceitar discurso fascista, tão pouco, deve fazer coro com verbetes discriminatórios e intolerantes.

É necessário mostrar para o Brasil que os trabalhadores unidos têm forças.

Vamos lutar pela democracia.

 

Compartilhe!