Sindicato e trabalhadores na defesa da EBC

Trabalhadores da EBC e dirigentes do Sindsep/MA discutiram ontem durante Assembleia convocada pelo sindicato sobre a situação preocupante dos funcionários e da própria empresa que corre o risco de extinção.

A reunião teve a presença da advogada da Assessoria jurídica do Sindsep/MA, Maira Passos que explicou aos presentes as alternativas e expedientes a serem utilizados nesse momento. “Com a assertiva da Assembleia, o sindicato irá entrar com pedido de mediação de conflitos junto ao Ministério Público do Trabalho para defender uma saída que resguarde os direitos dos empregados”, afirmou a Dra. Maíra Passos.

Dentre os pontos que constarão no pedido de mediação, destacamos a manutenção da praça do Maranhão com a manutenção do programa Repórter Brasil Maranhão, garantia de que não haja demissões e a permanência dos servidores do regime jurídico único – RJU em São Luís, mesmo que realocados para outros órgãos.

“A Secretaria de Assuntos Jurídicos do Sindsep está atenta ao imbróglio criado pelo governo e juntamente com os trabalhadores tomará todas as medidas cabíveis para dirimir as dúvidas e assegurar os direitos dos trabalhadores”, informou José Figueiredo, diretor responsável pelo setor jurídico do Sindsep/MA.

Ainda durante a assembleia ficou definida a realização de um café da manhã na sexta-feira a partir das 8 horas para os colegas da imprensa da capital e a entrega de panfletos nos semáforos para informar a população do que está ocorrendo na empresa.

O Sindsep/MA e os servidores irão oferecer um café da manhã para a imprensa no sentido de alertar para a situação dos funcionários e pedir o apoio de toda a categoria para a manutenção da Praça São Luís da EBC. “Não podemos aceitar e não ficaremos parados vendo o desmanche desse importante meio de comunicação que está a serviço da população maranhense há 50 anos”, disse Raimundo Pereira, presidente do Sindsep/MA.

Compartilhe!